Instant Search

pt-bren

Alma

Geral, Mostra BUG, Programação Comentários desativados em Alma

Resultado de imagem para Alma: Une Enfant de la Violence, 2012

Alma: Une Enfant de la Violence, 2012

Categoria: Narrativa Mobile
Duração da experiência: aprox. 56 minutos
Classificação etária: 14 anos
Site: www.alma.arte.tv
Produção: ARTE, Upian. e Agence VU
País: França

SINOPSE
Alma: Une Enfant de la Violence é um documentário para dispositivo móvel sobre a jovem homônima de 26 anos que nasceu na Guatemala e cresceu em uma realidade na qual leis e justiça são continuamente desrespeitadas, impera a impunidade e famílias atoladas na pobreza destroem-se em meio a guerras de gangues urbanas, conhecidos como “maras”. Alma integrou por cinco anos um dos grupos mais violentos do país e viveu imersa em assassinatos, agressões e brutalidade. Ela narra sua forte história de vida como uma confissão, frente-a-frente com o usuário, que também pode escolher acionar ou não algumas cenas que ilustram, por vezes de maneira subjetiva, o que é contado pela personagem.

REALIZAÇÃO
Isabelle Fougère é jornalista e suas histórias sobre direitos humanos, mulheres, migrantes e desenvolvimento econômico são publicadas regularmente na imprensa francesa e no exterior. Co-dirigiu “Euroland”, uma série de documentários sobre a Europa para a televisão italiana, e publicou um livro sobre sua travessia no Saara acompanhando migrantes africanos com destino à Europa. Isabelle também escreve livros para crianças e fundou um prêmio internacional de fotojornalismo há 12 anos, no Festival Perpignan Visa pour l’Image.

Miquel Dewever-Plana é fotojornalista desde os anos 90. Suas primeiras histórias fotográficas foram feitas em comunidades indígenas maias, na Guatemala. Em seguida, ele se dedicou a documentar as conseqüências dos 36 anos da Guerra Civil Guatemalteca. Desde 2007, Miquel fotografa a violência endêmica que assola a Guatemala, as guerras entre gangues e a corrupção generalizada. Ele conheceu Alma em 2008 e foi quem iniciou o projeto para que ela pudesse fazer sua confissão.

Redação BUG404